Rico e Jovem

INSS: A verdade que o governo esconde de você.

INSS: A verdade que o governo esconde de você.
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Se você acha que contribuir com o INSS lhe dará uma aposentadoria tranquila, sinto te decepcionar. Mas não será isso que vai acontecer.

O atual cálculo de reajuste dos benefícios do INSS assegura apenas a manutenção do poder aquisitivo dos aposentados e pensionistas que recebem proventos com valores maiores que um salário mínimo.

Este reajuste tem como objetivo preservar o poder de compra desses beneficiários, garantindo que os benefícios da Previdência Social sejam corrigidos com base na inflação, sem qualquer ganho real.

O grande problema dessa situação é que, enquanto sua renda apenas acompanha a variação da inflação, os custos de vida de quem vive de aposentadoria sobem numa proporção muito acima da inflação, o que fatalmente causará problemas em suas contas depois de alguns anos.

O que fazer então?

Procure depender cada vez menos de governos (quaisquer que sejam) para construir o seu futuro e de sua família. Valorize cada vez mais o dinheiro em suas mãos e coloque a necessidade de viver abaixo de suas rendas como um objetivo sincero para se garantir um futuro mais digno para você.

Seja astuto, corte imediatamente despesas supérfluas (que podem ser investidas), adote novos padrões sustentáveis de comportamento como o combate diuturno ao desperdício, valorize mais as experiências e menos a compra de bens, cuide melhor dos bens que possuir, para que eles possam ter uma maior sobrevida, utilize serviços de compartilhamentos (ex: Uber, Airbnb etc), entre outras iniciativas.

Pouco dinheiro desperdiçado ao longo de décadas, aplicados em uma instituição financeira com juros adequados (ex: Tesouro Direto, Bolsa), têm o poder de se transformar em imensas quantidades de dinheiro por força dos “juros compostos”.  Use isso sempre a seu favor.

Dá trabalho, desgasta, demora, tem de haver persistência, mas depender de você mesmo é muito mais confiável, do que depositar esperanças em representantes políticos, que vem demonstrando até o presente momento, que se preocupam muito mais com o seu presente político, do que com o futuro de toda uma nação.

Para se ter uma ideia do poder da educação financeira e dos juros compostos, se você investir R$300,00 por mês a uma taxa média de juros de 1%, em 5 anos você terá pouco mais de R$25.000,00 em 10 anos o valor sobe para R$69.991,92 e em 20 anos sobe para incríveis R$300.012,02.

É fundamental começar a investir o quanto antes e escolher com cuidado o investimento para o seu perfil. Opte pela segurança, mas também experimente sair um pouco do tradicional. Muita gente continua investindo na caderneta de poupança, mesmo não conseguindo nem se defender da inflação. É uma decisão ingênua, para dizer o mínimo.

Siga as 5 dicas primordiais para não depender do INSS no futuro.

#1 - Invista para ter uma renda passiva

Uma forma de tornar-se independente do Estado é a renda passiva, que nada mais é do que o lucro oriundo dos seus investimentos. Algumas pessoas possuem a capacidade de ter suas despesas pagas com recursos que não são provenientes de seus trabalhos (renda passiva), estas conquistaram a independência financeira.

 

#2 - Mantenha suas contas em dia

Manter as contas em dia além de obrigação é o primeiro passo para conseguir juntar dinheiro para investir. Se você ficar pagando juros para bancos e cartões de crédito seu dinheiro nunca vai render.

 

#3 - Fuja da Previdência Privada

Previdência privada só é boa para os bancos, pois cobram taxas de administração e carregamento, além de ter um baixo rendimento. O seu gerente te oferece previdência privada porque é incentivado pelo banco e ganha comissão e premiação por isso, não pense que ele é seu amigo e está querendo te ajudar.

 

#4 - Conheça os juros compostos

Se você entender a maravilha dos juros compostos, você irá buscar melhores investimentos e conseguirá se motivar ainda mais no seu objetivo final. Ver o dinheiro se multiplicar todo mês é um ótimo incentivo.

 

#5 - Esteja empenhado em vencer

Todos os anos o seu dinheiro perde um pouco o valor por causa da Inflação. Logo, se você quer fazer o seu dinheiro trabalhar por você no futuro, precisa dar um jeito de fazê-lo render acima da inflação todos os anos.

Estudar os melhores investimentos, ler bons livros, saber filtrar as notícias do mercado. Tudo isso é importante para se conquistar a independência financeira.

Mas o mais importante de tudo é a sua dedicação e força de vontade em vencer.

 

Aposte no conhecimento e na vontade de construir um futuro melhor. Aposte na independência financeira! O INSS, infelizmente, não vai dar conta, então é bom você se preparar sem contar tanto com ele.

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter


Olá, deixe seu comentário para INSS: A verdade que o governo esconde de você.

Já temos 3 comentário(s). DEIXE O SEU :)
Solange Soares lima

Solange Soares lima

Eu queria Fenicia uma casa pela caixa
★★★★★DIA 12.01.17 00h28RESPONDER
N/A
Enviando Comentário Fechar :/
G. Ferreira

G. Ferreira

Olá Solange, obrigado pelo seu comentário. Dá uma olhada nesse artigo e veja se é uma boa hora para comprar sua casa...

https://www.ricoejovem.com.br/artigo/o-pesadelo-da-casa-propria

★★★★★DIA 12.01.17 07h32RESPONDER
N/A
Enviando Comentário Fechar :/
Solange Soares lima

Solange Soares lima

Eu queria Finecia uma casa
★★★★★DIA 12.01.17 00h27RESPONDER
N/A
Enviando Comentário Fechar :/
Enviando Comentário Fechar :/